ACESSE

Governo prepara MP de R$ 5 bi para obras após 'defender' teto de gastos

Telegram

Em reunião no Palácio da Alvorada, Jair Bolsonaro definiu ontem que o governo vai editar uma medida provisória de R$ 5 bilhões para custear obras de infraestrutura este ano.

O Antagonista apurou com participantes da reunião que cerca de R$ 2 bilhões ficarão com o Ministério do Desenvolvimento Regional e outros R$ 2 bilhões devem ir para o Ministério da Infraestrutura.

O restante –cerca de R$ 1 bilhão– bancará obras públicas indicadas por parlamentares, em novo movimento para aproximar o Centrão do Planalto.

O valor é menor que os R$ 30 bilhões que a Casa Civil tentava conseguir para o plano Pró-Brasil, mas serve para diminuir a resistência da ala desenvolvimentista do governo, encabeçada por Rogério Marinho.

Ficou a cargo do Ministério da Economia avaliar como será feita essa medida provisória, para evitar que seja dado um drible no teto. Uma das possibilidade é a MP abrir crédito extra no Orçamento primário, e não no Orçamento de Guerra, justificando a “urgência” das despesas para evitar a paralisação de obras públicas.

Leia mais: Exclusivo: a casa secreta de Brasília onde ministro conspira contra ministro

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários