Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Guedes compara negociação do Orçamento a 'nave pilotada por macacos'

Guedes compara negociação do Orçamento a nave pilotada por macacos
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Em evento do Bradesco para operadores do mercado financeiro, Paulo Guedes comparou a negociação final do Orçamento deste ano a uma nave aterrissando em Marte pilotada por macacos.

“Você está aterrissando a nave em Marte. Aí chega um macaco lá, aperta três botões, chuta o painel e começa a desviar a nave”, disse o ministro no evento, segundo o Valor.

Ele relatou que vários integrantes do governo falavam com o relator do Orçamento, senador Márcio Bittar (MDB-AC), sem trocar informações entre si. A lei acabou ficando com quase o dobro de emendas parlamentares possíveis.

“Tinha ministro pedindo dinheiro, prometendo mandar dinheiro para o Estado dele [de Márcio Bittar]”, disse. “Ao mesmo tempo, tinha gente falando em nome do presidente que queria um pouco mais de dinheiro para A, B ou C. Disse o relator que houve proposta de furar o teto. Cada um vinha com uma proposta diferente”, contou Guedes, ainda segundo o Valor.

O ministro disse que “o macaco, no fundo, é um desacerto entre nós”. “Não é pessoal, não é ninguém. O macaco pode ter sido a Economia… Outro macaco está no Congresso, o outro macaco está lá no entorno do presidente, o outro macaco é um ministro”.

Guedes poupou o presidente da Câmara, Arthur Lira, que “não se desviou do acordo”.

Leia mais: Guedes e seu ideário foram inteiramente soterrados pelos planos de sobrevivência política do presidente da República e da sua própria reeleição
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO