Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Guedes é uma calamidade

Guedes é uma calamidade
Reprodução/Tv Brasil

Paulo Guedes, que fechou ontem um acordão fura-teto com o Centrão, está pronto para furar o teto mais uma vez.

Depois de regulamentar o estado de calamidade pública, “o ministro agora atua para que a medida não seja adotada neste ano”, segundo a versão plantada na Folha de S. Paulo.

“No caso de calamidade pública, as amarras do Orçamento seriam afrouxadas, ao mesmo tempo em que gatilhos de ajuste fiscal, como congelamento de salários, seriam acionados.

Como esses gatilhos já estão ativos até o fim deste ano, a decretação da calamidade neste momento apenas liberaria novos gastos, sem contrapartidas. É esse o cenário que Guedes tenta evitar.”

O ministro da Economia, claro, vai liberar novos gastos, de olho em 2022, mas ainda consegue enganar a imprensa, dizendo que, sem ele, o assalto aos cofres públicos seria ainda pior.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO