Guedes: economia está 'muito mais saudável' com dólar a R$ 5 e juro baixo

Guedes: economia está muito mais saudável com dólar a R$ 5 e juro baixo
Foto: Marcos Corrêa/PR

Em live promovida pela Empiricus, ex-sócia deste site, Paulo Guedes afirmou que considera melhor para a situação econômica do Brasil um dólar na casa dos R$ 5 com juros a 2% do que a moeda americana desvalorizada com juro alto.

No momento em que este post é escrito, o dólar comercial está em R$ 5,43, alta de 0,88% em relação à cotação de ontem.

“Nós estávamos em um endividamento em bola de neve, pagando juros altíssimos e com câmbio sobrevalorizado. Uma combinação bastante perversa de dois preços críticos na economia”, declarou o ministro, destaque do primeiro dia do evento on-line Investidor 3.0.

“A economia está muito mais saudável. Em vez de juro a 10%, 12% e o câmbio a R$ 1,80, a economia está muito mais saudável com juro de 2% e câmbio de R$ 5. É muito melhor”, acrescentou.

Guedes alegou ainda que o câmbio está em seu nível de equilíbrio e o dólar já bateu a máxima e voltou a patamares mais baixos, o que economistas chamam de “overshooting”.

“Quando você troca o patamar de equilíbrio, ele normalmente dispara, passa do nível de equilíbrio e depois aterrissa no nível mais baixo. Eu acho que nós já fizemos o overshooting se prosseguimos com as reformas.”

Esse “se prosseguimos com as reformas” é o que pega. E não custa lembrar que, em março, Guedes estava dizendo que o dólar chegaria a R$ 5 no Brasil “se fizer muita besteira”.

Leia mais: Exclusivo: a casa secreta de Brasília
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 136 comentários
TOPO