Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Guedes nega "debandada"

Guedes nega “debandada”
Foto: Marcos Corrêa/PR

Após sofrer três baixas na equipe econômica, com a saída de Mansueto Almeida, Rubem Novaes e Caio Megale, Paulo Guedes negou que haja uma “debandada”.

Além deles, Marcos Troyjo deixou a Secretaria de Comércio Exterior para assumir a presidência do banco dos Brics.

“Não houve debandada. Na média, o nível da equipe está subindo”, afirmou o ministro da Economia à CNN.

Guedes citou que, nos últimos meses, nomes “excelentes” passaram a integrar o ministério — como Bruno Funchal, na Secretaria do Tesouro, e Roberto Fendt, na Secretaria de Comércio Exterior, além de Aloísio Araújo e Vanessa Canado, assessores especiais da pasta.

O ministro disse ainda que a busca por um substituto para Novaes, que deixou a presidência do Banco do Brasil, está “bem encaminhada”.

“Tem que ser melhor do que o que sai. Minha regra sempre é essa. O que é difícil, porque o Rubem é um padrão bem alto”, afirmou Guedes.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO