Guedes quer aprovar desoneração da folha com reforma da Previdência

A equipe de Paulo Guedes quer aprovar a chamada desoneração universal da folha de pagamento junto com a reforma da Previdência, informa Igor Gadelha em Crusoé.

O discurso será o de que a desoneração é essencial para fortalecer o financiamento do sistema previdenciário.

A área econômica, porém, ainda estuda como compensar a perda de arrecadação.

Leia a reportagem:

Desoneração da folha com a reforma da Previdência

Paulo Guedes (o 'posto Ipiranga' de Bolsonaro) está disposto a suportar o fogo amigo? LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Tomara que o Paulo Guedes tambem simplifique de tal forma que qualquer microempreendedor individual possa contratar sem auxilio de um contador. Pois hoje o 14 e parte do 15 salário vai pra eles.

Ler mais 38 comentários
  1. Tomara que o Paulo Guedes tambem simplifique de tal forma que qualquer microempreendedor individual possa contratar sem auxilio de um contador. Pois hoje o 14 e parte do 15 salário vai pra eles.

    1. Desonerar significa que eu como microemprendedor individual fialmente poderei contratar 1 funcionario sem ir a falência como já aconteceu antes. Hoje é um salário pro cara e outro pro governo.

  2. IMPOSTOS deve cobrado exclusivamente sobre o lucro liquido das empresas, quando um funcionário recebe 1000 e custa 2000 para a empresa ISSO SIGNIFICA QUE PODERIAM haver 2 empregados/salario maior

    1. Exatamente. E o governo poderia fazer uma regra para as empresas que mais contratam, diminuindo gradativamente seus impostos por números de contratados. Mas o Guedes é pilantras

  3. O “puxadinho mágico para dar mais dinheiro aos bancos com sacrifícios maior dos pobres” conhecido pelo apelido de “REFORMA DA PREVIDÊNCIA”, Não é projeto visando o Brasil. Ninguém caia ness

    1. não fala groselha! Bancos lucrando é o q sempre tivemos, por sinal ter lucro é bom! O problema é as custas de quem.

  4. O posto Ipiranga era a tábua de salvação para dar crédito ao governo do MICO. Mas Guedes está demostrando que não é liberal e nada sabe de economia. Vão afundar os dois e levar o Brasil junto.

  5. Equilíbrio das despesas desses jumentos sem cérebros e sem coração se resume em aumentar IMPOSTOS da população já muito castigada. Está na hora do posto Ipiranga pedir pra caghar.

  6. O “JENIU” do liberalismo, sr. P. Ipiranga não sabe o que fazer. Basta cortar impostos e todas mordomias dos 3 PODERES. O aumento da arrecadação virá da produção e da contratação de mais mao-

  7. Isto só será para quem não está ainda no mercado de trabalho que entrarão no tal reforma de capitalização quem já contribui para o INSS tem que continuar como é atualmente.

    1. Ao invés de “reforma da previdência” (já que não inclui militares e os 3 poderes) deveria se chamar: “puxadinho mágico para dar mais dinheiro aos bancos sacrificando mais a população pobre”

    1. Desonerar a Folha de pagamento e retirar o excesso de tributos do cangote dos empregadores. Menos impostos pagos ao governo significa que ele pode contratar mais trabalhadores!

    2. Significa que ao invés das empresas pagaram ao governo os impostos absurdos o povo é quem irá pagar. O mesmo que SOCIALISMO.

  8. Desonerar o que? não pode ser contribuição para o INSS, que está quebrado. Então, fica a dúvida. Se desonerar a contribuição do INSS patronal aí é que o défict acelera de vez. Falta explica