Ilan para presidente

A partir do próximo ano letivo, alunos do ensino fundamental terão aulas de educação financeira.

O BC participou ativamente da inclusão da matéria na nova base nacional comum curricular (BNCC).

“O Banco Central participou de diversas audiências públicas. O BC tem historicamente liderado a construção do conteúdo de educação financeira para as escolas”, afirma Isaac Sidney, diretor de Relacionamento Institucional e Cidadania do BC.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Este Ilan seria mesmo um bom candidato, a julgar pelo que tem feito com inflação e economia, sem falar de sua formação e trabalhos anteriores. No entanto é careca, gordinho, tem uma voz esquisita – ou seja não tem grande pinta de candidato. E nasceu em Haifa, Israel. Não pode ser nosso presidente.

Ler mais 39 comentários
  1. Este Ilan seria mesmo um bom candidato, a julgar pelo que tem feito com inflação e economia, sem falar de sua formação e trabalhos anteriores. No entanto é careca, gordinho, tem uma voz esquisita – ou seja não tem grande pinta de candidato. E nasceu em Haifa, Israel. Não pode ser nosso presidente.

  2. Vocês são ignorantes demais, isso ai é excelente maioria dos Brasileiros são endividados porque nem se preocupam com o dia de amanha simplesmente nem sabem quanto ganham e quanto gastam, é essencial a inclusão de Economia no BNCC, mas tem gente que preferia que tivesse incluído Ideologia de Género, é para acabar, acordem pra vida.

  3. Sim:
    Conteúdo programático:

    1- Como não confiar em banqueiros.
    2 – Como não confiar no governo apoiado por imprensa corrupta
    3 – Não pedir emprestimos a Bancos Brasileiros
    4 – Reformas : Sempre irão ferrar a população.

  4. Direita Bancco Afana 51% de TUDO QUE O PAIS ARRECADA…… Na ROLAGEM/ Encargos e Custeio da Dívida Pública …… consegue ENGANAR PATOS DE MANOBRA a se manter no poder ….. Estes, os patos,não obstante Perdendo Direitos .. e tendo que trabalhar 6 meses do ano só pra pagar imposto … Incautos que são …. Vão ” ceguindo ” aos seu afanadores tipo Syndrome of Stockholm… Dá do…. E, este sitinho de ” instrumento” dessa enganação .. tendo adeptos. .. que nível isso aí Inda Bem que ver de perto do a passeio

    1. Dá para perceber que esse verde madurista ‘aprendeu'(sic) o Português na escola pelo Método Revolucionário “PauloFreiriano”
      de Encosto Remunerado…

  5. AGORA, ASSIM, AS FUTURAS GERAÇÕES PODERÃO SER MAIS EMPREENDEDORAS & MENOS ‘ENCOSTADORAS’.

  6. QUEM DERA! NESSE VOTARIA SEM PESTANEJAR! JA MOSTROU COMPETENCIA, INTEGRIDADE E SENSATEZ, EM MEIO A TANTO FURDUNÇO NO SEU ENTORNO! QUALIDADES RARISSIMAS E NECESSARIAS A UM HOMEM PUBUBLICO, A UM ESTADISTA!

  7. Ótima ideia. Afinal os alunos do ensino fundamental II tem apenas: Sociologia, Filosofia, Artes, Ensino Religioso, História, Geografia, Educação Física, Biologia, Física, Química, Inglês, Espanhol, Álgebra, Geometria, Gramática, Literatura e Redação ( 17 disciplinas, será que esqueci alguma?). Como são cinco aulas em cinco dias (35 aulas por semana), acho que ainda dá para incluir mais algumas disciplinas na grade. É difícil entender que multiplicar a grade disciplinar é uma ideia maluca?

    1. Se mesmo assim a educação brasileira anda clinicamente uma tragédia, isso diz muito sobre a qualidade dos professores.

  8. Nenhum país do mundo enriquece e prospera sem poupança interna e isso vai do próprio Tesouro Nacional às famílias. Educar as crianças sob esse viés econômico-financeiro, mostrando a elas, de maneira simples, a importância de não se desperdiçar dinheiro, de ter o hábito de guardar suas moedas e trocados em cofrinhos para poderem gastar mais e melhor à frente, ter noção de juros, etc. é uma estratégia muito interessante e inteligente do Banco Central. Parabéns ao presidente Ilan Goldfajn e sua equipe.

    1. A ideia é excelente e já está aplicada em vários países ricos. E você teria de TER neurônios para gastá-los. Não é o caso!

  9. O título desta matéria não deve ser visto como piada. Seria inviável eleger uma pessoa honesta e intelectualmente preparada para tocar a presidência da república? Não seria aconselhável fazê-lo, considerando-se que a população adulta do Brasil inclui 10% de analfabetos absolutos, aos quais se somam 40% de analfabetos funcionais?
    Analfabetos absolutos são incapazes de preencher os requisitos do ensino fundamental. Os analfabetos funcionais mostram-se despreparados para o mercado de trabalho, não se qualificando, ademais, para os cursos de nível médio. Com tantos analfabetos, é natural que políticos brasileiros procurem desesperadamente obter um diploma qualquer de doutor de araque, ou mesmo um título de Doutor Horroris Causa, outorgado com liberalidade por entidades adrede aparelhadas.

  10. Tenham juízo. Ensino fundamental com educação financeira? Se no ensino fundamental o aluno souber ler, escrever e fazer as operações aritméticas básicas já estará de bom tamanho. Muitos chegam à Universidade sem isso.

  11. Curioso. Cursei o ensino fundamental na capital paulista nos anos 70 do século passado.
    Tínhamos uma matéria chamada “Técnicas Comerciais”, que ensinava sobre os vários tipos de empresa, impostos, direitos dos funcionários, etc.

    1. Eu sou professor e estou aqui sempre. E concordo plenamente com a ideia do Ilan. Num país onde as pessoas se enrolam justamente por falta de conhecimentos BÁSICOS sobre finanças, a proposta de educação financeira para crianças é uma NECESSIDADE!

  12. Técnico brilhante, quem dera o brasileiro abrisse mão do popularesco em nome da responsabilidade fiscal, e que o congresso dialogasse com responsabilidade com um presidente com tal calibre, sem preocupar-se apenas com suas paróquias! Ilan continuará com os seus bons ofícios no Banco Central, torcendo para que o próximo presidente encampe , como Temer tem feito – honra seja feito – medidas saneadoras, para o bem das próximas gerações de brasileiros!

  13. .
    CERTÍSSIMO!!!
    Ensino básico de boa qualidade com matemática (incluindo a financeira),
    português, inglês, ciências e tecnologia, geografia, artes, moral e cívica,
    sejam as matérias de destaque.
    MAIS CIVILIDADE e BOM GOSTO!!!
    Vamos dar BONS EXEMPLOS para as gerações que estão chegando.
    CHEGA DE LULADRÕES, BOÇALNAROS, ANITTAS, SARNENTOS e CIA.
    .

    1. Besteirol em estado líquido, sólido e gasoso é achar que se “ensina a pensar” sem conteúdo. Os exames internacionais são de interpretação de texto, matemática e CIÊNCIAS!

      É por essas idéias estapafúrdias de gente que “aprendeu a pensar” é que a educação brasileira está UM LIXO de A a Z.

    2. Besteirol em estado líquido é achar que as crianças “aprendem a pensar” no nada, sem conteúdo algum.

      TODAS as escolas do mundo tem conteúdo. Os exames comparativos internacionais TODOS tem os seus conteúdos.

      É cada bobagem que se lê… e isso só pode ser efeito da educação que “ensina a pensar”!!!

  14. O circo Brasil inventou mais uma matéria. Eu tenho um filho no ensino fundamental e se contar todas as matérias e seus desdobramentos temos 17 disciplinas. Ninguém precisa pensar muito para entender que nem Einstein aprenderia isto tudo ao mesmo tempo. Por isso estamos em 60 lugar no PISA.

    1. Pelo contrário: as crianças aprendem QUALQUER coisa que se ensina a elas. Estão com as janelas TODAS abertas!

      Essa sensação, muito acertada por sinal, de burrice que você tem com relação a si mesma é TODINHA sua.

    2. É exatamente o contrário. Nos séculos passados, as crianças aprendiam latim, grego, suas línguas maternas e uma série de outras coisas. Se está pesado para o seu filho, talvez seja uma questão de limitação natural dele… aposto que as outras crianças levam NUMA BÔUA!

  15. São iniciativas assim que mostra que mesmo com 99 porcento dos que deveriam cuidar do bem do povo cuida do bem próprio ainda existem pessoas que pensa no futuro das crianças brasileiras que serão adultas controladas financeiramente. Ou seja um país consciente que c controle se pode tornar vitorioso.