Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Impacto do isolamento na economia caiu pela metade, diz presidente do Banco Central

Em evento hoje, Roberto Campos Neto apresentou um gráfico que mostra o percentual de mobilidade calculado pelo Google e o desempenho do setor de serviços
Impacto do isolamento na economia caiu pela metade, diz presidente do Banco Central
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta terça-feira (8) que o efeito do isolamento social na atividade econômica caiu pela metade recentemente.

Em evento virtual promovido pelo J.P. Morgan, ele mostrou um gráfico que relaciona o percentual de mobilidade calculado pelo Google e o desempenho do setor de serviços com o título “Economias se adaptaram: o impacto da mobilidade na atividade caiu pela metade no período recente”, em tradução livre.

De acordo com Campos Neto, o distanciamento social “na mesma área” tem sido cada vez menos efetivo ao longo do tempo, mas não detalhou a tese.

O presidente do Banco Central também destacou que a economia brasileira está perto de retornar ao patamar pré-pandemia.

“Houve nas últimas três semanas uma série de revisões positivas nas expectativas para o PIB [Produto Interno Bruto] para 2021 depois da divulgação do número do primeiro trimestre.”

O PIB brasileiro cresceu 1,2% nos três primeiros meses do ano.

Leia mais: Pois é, nada mudou da esquerda para a direita.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO