Indústria cresce pelo quarto mês consecutivo

O IBGE também divulgou há pouco que a produção industrial cresceu em julho. Sim, mísero 0,8% em relação a junho, mas estamos diante da quarta alta consecutiva desse indicador.

E o mais importante: houve avanço da produção em 11 dos 15 locais pesquisados.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler 15 comentários
  1. É melhor pingar que secar, no desgovermo Dilma estava deixando o corpo desidratado, sugando o pouco de seiva que ainda tinha.

  2. Tudo culpa do maldito Temer, que nossos santos da PGR e da imprensa não conseguiram derrubar. O coitado do Janot corre até risco de prisão. Ô país injusto meu Deus! Um jornalista do nível do Diogo Mainard sai do episódio da tentativa de golpe contra o canalha do Temer, que insiste em colocar o país nos eixos, totalmente chamuscado. Uma sumidade jornalista desta não merecia este destino melancólico. Agora sério, que coisa grotesca esta em que os Antagonistas se transformaram (ou foram sempre isto?).

  3. Míseros são o QI de vocês suas ANTAS.

    0,8% em um mes sobre o outro, anualizado dá mais de 10%

    Quem será o Antagonista padrão ENEN?

  4. .
    Era o setor mais capenga.
    Ainda bem que a economia está se descolando da….
    IMUNDA, ASQUEROSA e CORROMPIDA CRISE POLÍTICA.
    .

  5. Se eu não me engano, a indústria representa só 12% do PIB no Brasil (nos EUA é mais de 20%, no Japão 24%, país rico tá nessa média 20/25%). Vergonha!
    .
    É o resultado óbvio de um setor superprotegido por empréstimos camaradas e entraves à entrada de concorrentes internacionais. O anti-liberalismo é igual fracasso.

  6. A atividade industrial em crescimento, desemprego em queda, inflação em baixa, apesar da terra arrasada deixada por Dilma e o PT.
    Bem ou mal, Temer está colocando a economia do país nos eixos.
    Enquanto isso, a turma do “quanto pior, melhor” tenta derrubá-lo para que o PT volte ao poder.
    Dá pra entender o Brasil?

Os comentários para essa notícia foram encerrados.