Inflação (ainda) longe da meta

Embora Ilan Goldfajn considere alcançar o centro da meta da inflação (4,5%) em 2017 algo “ambicioso e crível”, o mercado ainda não bota fé.

A expectativa em torno da carestia tem melhorado na era Temer, mas, por ora, os agentes econômicos projetam um IPCA de 5,20% no ano que vem.

Faça o primeiro comentário