Inflação: de 7,1% para 7,4%

A inflação no Brasil continua subindo e parece fora de controle ao mostrar resultados acima dos vistos no passado quando a maior parte do ajuste era explicada pela decisão do governo de liberar os preços represados. Um detalhe que chama a atenção no IPCA de janeiro, que ficou em 10,71%, é que o número de itens, em todas as categorias, em que houve variação positiva se aproximou de máximas históricas a 77,5%. O resultado levou o JPMorgan a revisar a expectativa de inflação para 2016 de 7,1% para 7,4%.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200