Juiz determina que grupo Libra continue operando

Telegram

Paulo Furtado de Oliveira Filho, juiz da 2a. Vara de Falências e Recuperações Judiciais, determinou que o grupo Libra mantenha as operações.

“Considerando o inusitado anúncio pelas recuperandas, determino que a Libra tome todas as medidas para continuar suas operações enquanto estiver em andamento o processo, mantendo todos os contratos em andamento, sob pena de afastamento e responsabilização dos controladores e administradores”, escreveu o juiz.

Como registramos nesta semana, o grupo da família Torrealba havia encaminhado a seus funcionários um comunicado sobre o encerramento das operações portuárias.

Comentários

  • Marcela -

    Comeram a carne e agora querem que o povo fique com o osso para roer.

  • Francisco -

    Meritíssimo, como fica a dívida de R$ 2 bilhões desse grupo que jamais foram pagos ao governo ? O Matarazzo pagou com patrimônio em 1964, dando o Palácio dos Bandeirantes em construção.

  • Magalhães -

    Seu Libra, fale tudo, conte a relação espúria com o Temer. Ele acabou com você. Durma tranquilo. O subconsciente cheio pesa e o ser humano não dorme.

Ler 19 comentários