Lagarde: "Passamos pelo pior, mas recuperação será desigual"

A presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, disse hoje que a zona do euro parece já ter superado o pior da crise da Covid-19, mas alertou: a recuperação econômica será “desigual” e “irregular”.

“Provavelmente, superamos o ponto mais baixo e digo que com alguma trepidação, porque é claro que pode haver uma segunda onda grave [da doença]”, afirmou Lagarde ao participar de uma videoconferência.

“Passamos, provavelmente, pelo pior, mas a recuperação será desigual. Não vamos voltar ao status quo. Vai ser diferente. A recuperação vai ser incompleta, irregular, mas transformadora”, completou a ex-chefe do FMI.

O Banco Central Europeu deve confirmar nos próximos dias a compra de 1,3 trilhão de euros em títulos para aliviar o impacto da crise na economia da zona do euro.

Leia mais: A estratégia de Bolsonaro para chegar ao fim do mandato
Mais notícias
TOPO