Levy, o senhor CPMF

Quando era ministro da Fazenda de Dilma Rousseff, o senhor Joaquim Levy, agora futuro presidente do BNDES, queria a volta da CPMF.

Que alegria vê-lo de volta ao governo.

E pelas mãos de Paulo Guedes, que surpresa.

Um lobista pode causar dor de cabeça a Bolsonaro. Mas nenhum grande jornal contou isso para você ainda. LEIA

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler comentários
  1. Luíz disse:

    Pelas postagens de hoje, tão desfavoráveis ao governo, fui várias vezes ao título do site para ver se não havia entrado, por equívoco, nos "famosos" blogs vermelhos. Sai urucubaca!!!!

  2. Isabel disse:

    Não dá! Pegou muito mal essa nomeação. Ou o presidente volta atrás ou ele cai logo após assumir.

    1. O bozo tem amigos ladrões e quadrilheiros, quero ver quando ele nomear o ladrão temer embaixador da Italia, o que os eleitores do Bozo vão dizer, povo burro continuam votando em ladrões.

  3. Stone disse:

    Paulo Jegues, o coice pode ser devastador.

  4. Henry disse:

    Mr. Antagonista, não acenda fagulhas. Esse tipo de comentário, geralmente, vem da Falha....

    1. e o que eu digo. Só porque ele foi a favor da CPMF no governo Dilma significa que ele agora irá implanta-lo de novo? Ora, faça me o favor! Conversa tendenciosa e maldosa. Isso não é jornalismo ma

  5. José disse:

    srs.... esquece esse negoio de CPMF, IVA é que vai rolar e vai demorar

  6. nery disse:

    Bolsonaro tem que demitir esse paulo guedes esse cara nao presta ta cheio de mas inteçoes ou vai sobrar pra vc bolsonaro ate bem antes de vc assumir.

  7. Roberto disse:

    Calma, calma. Pode ser uma decisão muito acertada, alguém que conheceu as entranhas das políticas econômicas petistas e pode escancarar a caixa-preta.

    1. Rastros que ele poderia ter deixado no MF Amapaense? Duvido muito. E tem mais uma coisa, se o camarada pisar um milímetro fora da faixa, o Super Moro pega ele. Simples assim.

    2. pois essa nomeação está com cara de que ele vai para o BNDES pra limpas rastros...

  8. Sérgio disse:

    Esse Paulo Guedes é um baita de um maluco a serviço dos bancos anote aí

  9. Vitor disse:

    Que maldade desse jornalista. Notícia tendenciosa e absolutamente opinativa. Quem te conhece te compra!

  10. Cino disse:

    Agora já são 3 ( Guedes, Levy e ciontra) que são favoraveis a esse imposto covarde e nefasto para os contribuintes, vamos ver se o Bolsonaro cumpre sua promessa de NÃO,. a Cpmf, seja camuflada ou

    1. O Cintra é favorável ao Imposto único nos moldes do CPMF. Mas poderia usar o nome, IOF. Eu acho errado esse modelo de cobrança, mas teria que fazer testes isolados.

  11. Amapaense disse:

    Levy está atolado em falcatruas da Dilma e Sérgio Cabral, não é bom sinal essa nomeação, ainda mais para o BNDES...

  12. Rogerio disse:

    com a indicação e confirmação de um min petista no governo Bolsonaro, acabou sem nem ter começado. já era, confiança no "novo"(neo petista) governo, zero !

  13. Isabelle disse:

    Cara, eu ainda não estou acreditando que o Bolsonaro aceitou isso! Isso é uma piada de mal gosto!

  14. Carlos disse:

    acabou é o pt com guedes e o pastor mito no poder trairas , vamos a rua quebar tudo

  15. Lana disse:

    Conheço bem Paulo Guedes, acredito mais nele que na opinião dos antagonistas.

  16. Chrisoula disse:

    Antes de quererem criar novo imposto e/ou cortarem outros impostos, tem de DIMINUIR o tamanho do Estado! Corte de cartões corporativos, corte de cargos comissionados, corte de despesas em geral.

  17. Candida disse:

    O Guedes está meio tonto sem aguentar pressão. Daqui a pouco chama então o Meireles

  18. Candida disse:

    Com tanta gente competente no mercado, logo o Levi, comprometido até o pescoço com governo petista. Tem q ter olhos pra ver. Não passa nem pelo raciocínio lógico primário

  19. sergio disse:

    Cumpanheiro LEVY - DILMA e Sérgio Cabral. Não prescisa falar mais. JÁ tá dito. Gov B17 P/ RALO.

  20. Petronilo disse:

    Joaquim Levy foi Secretário da Fazenda do Cabral. O Rio acertadamente não podia contrair empréstimos. J. L. tanto fez que fez o Rio passar da escala 7 Richter de empréstimo

  21. Márcia disse:

    Olha lá Bolsonaro...não traia quem te elegeu!

  22. Valter disse:

    Estelionato eleitoral seria a volta da CPMF ainda q com outro nome.

  23. Giusti disse:

    Não basta ser honesto, tem d parecer honesto.

  24. Marcos disse:

    Marquem essa data!Os eleitores de BOLSONARO , boa parte CONTRA o PT, não votaram no #17 sob hipotese alguma para verem nomeados minsitros e companheiros de Lula e Dilma!As ruas não aceitam!

  25. Bira disse:

    O brasileiro tem de fazer um esforço para ajudar o Brasil. A CPMF pode ajudar muito as contas públicas.

    1. Não existe imposto único no sistema solar. Tem de haver imposto sobre o consumo, a renda, a propriedade, importação, serviços, a produção e as operações financeiras.

    2. Se não tiver mais nenhum imposto a CPMF é o imposto mais justo....Eu quero CPMF sem nenhum outro imposto....

  26. silvio disse:

    Nao sou a favor mas tenho 99 % de certeza que CPMF vai voltar talvez com outro nome .È um imposto facil demais p criar , fiscalizar e arrecadar. O governante da hora nao resiste.

  27. Jefferson disse:

    Vamos esperar pra ver no que vai dar, estão julgando sem nem começar nada ainda.

  28. Domingos disse:

    Os palhaços petistas, sem muito o que fazer agora pro-governo-que-não-existiu, dedicam-se às atividades sabotadoras contra o Governo que agora se prepara para assumir, tentando tocar fogo no circo.

  29. João disse:

    Sem desonestidade, por favor. Levy foi forçado a criar impostos para tentar fechar as contas do governo, já que a Dilma não aceitava cortar gastos.

    1. Exato João. Sair do antagonista. Site tosco. Tentou a volta quando viu que precisava fechar as contas.

    2. Isso mesmo! Não existe milagre com os roubos feitos pelo PT. Nao é só colocar Bolsonaro no poder que as coisas vão melhorar! Será um trabalho dele e de todos nós . Isso é fato!