A lógica política por trás da indicação de Ivan Monteiro

Ao sugerir o nome de Ivan Monteiro para o comando da Petrobras, Moreira Franco elaborou um argumento em defesa de seu candidato.

Como é oriundo da gestão petista, Ivan seria à prova de críticas do PT e, consequentemente, do sindicato dos petroleiros.

Ao ser mantido por Pedro Parente como diretor financeiro, o executivo também teve, digamos, sua qualidade técnica avalizada – o que afastaria reclamações do PSDB, que apoiava Parente.

Comentários

  • Cecilia -

    Eterno balcão de negócios..... Privatiza!

  • Lena -

    Taí a prova do motivo pelo qual precisamos urgente privatizar: colocaram uma pessoa ligada a partido (protegido, amigo, parente, tico tico no fubá) . Enquanto estas empresas forem monopolizadas por políticos o Brasil continuara está M sem ser nação de respeito, ordem, progresso.

  • Chris -

    Tudo que é oriundo do PT não é sede confiança.

Ler 54 comentários