Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lucro dos bancos cresce 53% e chega a R$ 62 bilhões no primeiro semestre

Os dados fazem parte do Relatório de Estabilidade Financeira do Banco Central. Baixa inadimplência e redução de provisões explicam alta
Lucro dos bancos cresce 53% e chega a R$ 62 bilhões no primeiro semestre
Foto: Leonardo Sá/Agência Senado

Os bancos lucraram R$ 62 bilhões no primeiro semestre de 2021, segundo dados do Relatório de Estabilidade Financeira divulgado há pouco pelo Banco Central. O resultado é 53% maior do que o registrado de janeiro a junho do ano passado. 

“Após queda significativa no primeiro semestre de 2020, a rentabilidade do sistema recuperou-se e retornou aos níveis pré-pandemia. As despesas com provisões se reduziram e devem se estabilizar próximo dos patamares atuais. Apesar de as perspectivas serem mais favoráveis, riscos permanecem no horizonte”, afirmou.

Durante a pandemia, os bancos aumentaram o volume de recursos para cobrir eventuais calotes dos clientes. Com as renegociações feitas durante a crise, as instituições financeiras não tiveram os prejuízos esperados com dívidas em atraso. Com isso, o dinheiro reservado para eventuais perdas não precisou ser usado e se transformou em lucro.

“Os resultados tendem a seguir melhorando com o avanço da vacinação e com a recuperação da atividade econômica, mas as incertezas do atual momento econômico seguem acima do usual. Uma recuperação mais lenta da atividade pode prejudicar o cenário para a rentabilidade do sistema à frente”, afirmou o BC.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO