Mais prazo para o Refis

No Twitter, Rodrigo Maia anunciou ter editado medida provisória estendendo até 29 de setembro o prazo de adesão ao Refis.

A adesão ao programa de parcelamento de dívidas com a União terminaria amanhã, 31 de agosto.

O presidente interino da República alega que a prorrogação do prazo permitirá uma arrecadação entre R$ 7 bilhões e R$ 9 bilhões.

1 comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. Olha, sou empresário: você paga o imposto no 5.o dia útil depois de vencer o mês da venda. Só que vc vende para o varejo a 30/60/90 dias. São mais de 30% de impostos sobre o que vc vendeu e ainda não recebeu. E se você não receber do seu cliente? Não importa, vc é escravo do Estado e tem de pagar. Se você não pagar no dia de vencimento vem 10% de multa. Aí vira uma bola de neve.Logo o imposto vai para a dívida ativa, e tem mais 20% de despesas jurídicas e 20% de multa. Aí passam os meses e é juro sobre juro. Sua dívida antes de vencer era C$ 1000,00 um ano depois chega a R$3000,00. Dai o Refis perdoa parte da dívida e ficam R$2000,00 e você parcela com juros mensais.Ou seja, o Brasil é pior que Banco para cobrar.Seu nome esta no protesto, não tem mais crédito. Está errado, um sistema tributário atrasado, um verdadeiro manicômio tributário que mata as empresas.Em nenhum lugar do mundo se tributa a industria como aqui, deste jeito o Brasil quebra.Ops, já quebrou!