Mais uma herança maldita de Dilma

Em evento no TCU, Fabio Kanczuk, secretário de Política Econômica da Fazenda, chamou de “droga de projeto” a desoneração da folha de pagamento das empresas –adotada por Dilma Rousseff, sob os aplausos da Fiesp.

Os dados o respaldam: uma renúncia de R$ 20,5 bilhões em receitas acabou resultando em apenas R$ 3 bilhões a mais em arrecadação.

Kanczuk afirmou ainda, conforme o relato do Estadão, que para reduzir a desigualdade de renda o Bolsa Família é 12 vezes mais eficiente do que a desoneração da cesta básica –outra das medidas adotadas pela Gerente.

Difícil agora é desfazer: Henrique Meirelles já enviou MP para reonerar a folha de pagamento das empresas, mas ela expirou antes da aprovação. O governo tenta agora aprovar um projeto de lei.

Comentários

  • Cicero -

    Essa Anta tinha que estar presa por crime de lesa-pátria! Ela e muitos outros!

  • Beth -

    É o jeito PT de ser....

  • Claudio -

    O responsável pelas desonerações foi o Ministro do Planejamento, Dyogo de Oliveira. Agora que está em outro órgão está fazendo as mesmas barbaridades...

Ler 19 comentários