“Mário Mesquita é muito conservador”

Sérgio Belsito, uma das bases do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), diz a O Antagonista que, apesar das divergências, funcionários da entidade preferem a permanência de Alexandre Tombini a Mário Mesquita.

“Mário Mesquita é de uma posição muito conservadora, bem favorável à elevação da taxa de juros, política monetária restritiva e arrocho generalizado”, justifica.

Michel Temer ainda não sabe o que fazer em relação à presidência do BC.

O Antagonista faria o exato contrário do que acha Sérgio Belsito.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 11 comentários
  1. É mentira q Cunha engavetou o pedido de impeachment de Temer. Ele não teve foi obrigado a acatar o pedido por ordem do STF, e assim o fez. Ocorre q os partidos é q não indicam os nomes q comporão a comissão pois sabem q isso é uma palhaçada.

  2. A a competência, e, por dedução, a possibilidade do julgamento do Vice, por crime de responsabilidade, está prevista nos art. 51, I, e 52, II, da Constituição Federal. Ninguém aqui pode ter bandido de estimação, independentemente de partidos.

  3. Agora todo mundo fala de cumpri a constituição, antes isso não era importante, vai passar o tempo, depois que o foco virar outro, vai passar a não ser importante novamente, e voltará a imperar os interesses próprios desses comunistas disfarçados espalhado sem todos setores da sociedade

  4. O Antagonista jura de pés juntos que a Constituição não admite o impeachment de vice-presidentes. é isso que eu digo é dificil pra esses bandidos seguirem a regra e a lei qndo nao tem lei eles vao la e cria uma pec esses poha nao segue nem fu dendo a lei

  5. Samuel esta certo. Aprovar uma medida inconstitucional de um lado e desaprovar de outro e” tudo que a Orcrim atraves do Supremo queria. Quem aprovou isso tambem se entregou a desordem e a ditadura deles. Apavorante.

  6. Tudo o que esse pessoal de esquerda puder fazer pra atrasar, engambelar, enojar o povo brasileiro, assim farão. Tomara que nas próximas eleições os eleitores parem de trair o país votando nesses incompetentes!

  7. A constituição também não previa a saída de Cunha e o supremo golpe com a constituição foi aplicado. Um golpe a +, um a -, quem sabe agora o supremo não julgue que o vice possa sofrer impeachment ?