Medidas do BC: por ora, boas intenções, e só

O presidente do BC, Ilan Goldfajn, divulgou uma agenda de ações para os próximos anos. Por enquanto, trata-se muito mais de um conjunto de boas intenções.

Primeiro, porque muitas medidas dependem de projetos a serem enviados ao Congresso.

Segundo, porque, mesmo que tudo dê muito certo, os resultados só virão no longo prazo.

Faça o primeiro comentário