Menos gastos, por favor

Henrique Meirelles disse ontem, em evento promovido pela Época, que o governo decidirá se haverá aumento de impostos no fim do mês.

O aumento é inevitável, dada a queda na arrecadação. Ainda não ocorreu porque o Planalto espera o impeachment passar no Senado. Mas poderia ser menor se o governo realmente deixasse de ser gastão e aproveitasse a boa vontade geral para aprovar emendas constitucionais que acabassem com parte das despesas obrigatórias.

Faça o primeiro comentário