Ministério da Economia sugeriu salário mínimo de R$ 1.045, diz secretário

O secretário de Fazenda, Waldery Rodrigues, disse hoje que o Ministério da Economia sugeriu a Jair Bolsonaro que aumente o salário mínimo para R$ 1.045. O impacto fiscal seria de R$ 2,13 bilhões.

O valor leva em conta a variação do INPC de 2019, que foi de 4,48%, e um resíduo de 2018 — porcentagem da inflação do ano que não foi incorporada no piso de 2019.

Segundo Rodrigues, o tema será debatido entre Paulo Guedes e Bolsonaro nesta tarde. Os dois têm reunião marcada para as 14h.

O salário mínimo deste ano foi fixado em R$ 1.039, reajuste que ficou abaixo da inflação. Como o valor é definido por medida provisória, o Congresso poderia alterá-lo.

Comentários

  • elias -

    VTNC BolsoTRAIDOR Guedes CAPACHO DOS BANCOS , HIPÓCRITA S DO CRLH !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!¡!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!¡!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Eduardo -

    Se cortarem os benefícioscfiscais dacAmbev e da Coca-Cola em Manaus daria para pagar R$ 1.100, fazendo una conta bem conservadora.

  • edison -

    Vão se perder com mulher e bebida !

Ler 7 comentários