Ministério de Minas e Energia também divulga nota sobre diesel

Assim como a Petrobras, o Ministério de Minas e Energia divulgou agora à noite uma nota sobre o preço do diesel –cujo reajuste, previsto para hoje, foi revogado por Jair Bolsonaro.

Na nota, o ministério diz que o regime de liberdade de preços de combustíveis vigora no Brasil desde 2002. “Isso significa que não há qualquer tipo de tabelamento nem fixação de valores máximos e mínimos, ou qualquer exigência de autorização oficial prévia para reajustes.”

Sobre o reajuste do diesel, a pasta afirma que o reajuste de 5,74% foi suspenso “em função do interesse público envolvido” e que a Petrobras acionou “instrumentos de hedge para sua proteção contra prejuízos”.

A nota prossegue: “O MME reafirma seu compromisso de não intervenção no mercado, de defesa dos interesses do país nas questões energéticas e também dos consumidores quanto a preço, qualidade e oferta de combustíveis”.

Leia a íntegra abaixo:

“Segundo a Lei nº 9.478, de 1997, desde 2002 vigora no Brasil o regime de liberdade de preços de combustíveis em toda a estrutura de produção, distribuição e revenda. Isso significa que não há qualquer tipo de tabelamento nem fixação de valores máximos e mínimos, ou qualquer exigência de autorização oficial prévia para reajustes. Nesse sentido, a Diretoria Executiva da Petrobras possui a autonomia de definir sua política de preços em relação aos produtos da Companhia, conforme o artigo 34 de seu Estatuto Social.

O Ministério de Minas e Energia, desde a posse do novo Governo Federal vem trabalhando, em conjunto com Ministério da Economia, Ministério da Infraestrutura, Casa Civil, bem como Petrobras e ANP, para buscar soluções estruturantes na questão dos preços de combustíveis, notadamente o diesel. A primeira questão enfrentada foi o fim da subvenção do diesel, instituída pela MP nº 838 e regulamentada pelo Decreto nº 9.392, ambos de 2018, cuja transição ocorreu de forma suave.

Como exemplo dessas soluções, cabe mencionar que no último dia 26 de março, a Diretoria Executiva da Petrobras alterou a periodicidade de reajuste nos preços do óleo diesel, que passaram a ser reajustados por períodos não inferiores a 15 dias. A Companhia se utiliza de mecanismos de proteção, como hedge com o emprego de derivativos, bem como mantém os princípios que balizam a prática de preços competitivos, como preço de paridade internacional (PPI), margens para remuneração dos riscos inerentes à operação e nível de participação no mercado.

Adicionalmente, foi anunciada a criação do Cartão Caminhoneiro, que tem como objetivo a compra por caminhoneiros de diesel a preço fixo nos postos com a bandeira BR. O Cartão Caminhoneiro servirá como uma opção de proteção da volatilidade de preços, garantindo assim a estabilidade durante a realização de viagens.

Com relação ao reajuste de 5,74%, reavaliado no dia de ontem, em função do interesse público envolvido, a Petrobras decidiu pela suspensão temporária do reajuste, acionando instrumentos de hedge para sua proteção contra prejuízos.

O MME reafirma seu compromisso de não intervenção no mercado, de defesa dos interesses do País nas questões energéticas, e, também, dos consumidores quanto a preço, qualidade e oferta de combustíveis. Dessa forma, seguimos em diálogo com os envolvidos na busca pelas soluções mais adequadas.”

EXCLUSIVO: O CODINOME DO MINISTRO, SEGUNDO O EMPREITEIRO Leia mais

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Claudio disse:

    A partir desta data ,todos os aumentos de preços do agro a barril de petróleo e seus derivados, ficarão a cargo do sindicato dos motoristas,inclusive o bolsa família é salários dos aposentados.T

Ler comentários
  1. Elaine disse:

    PETROBRÁS sempre foi considerada ESTRATÉGICA pq nossa economia é baseada no PETRòLEO. Com inflação e recessão aumentar o preço dos combustíveis aumentaria o DESESPERO do Povo

    1. Fez bem a Dilma então, que segurou o preço dos combustíveis em 2014 pra não aumentar o desespero do povo?

    2. Tem muita chantagem nisso. A Petrobras não pode mais ser um dinossauro. Tem que ser uma empresa moderna, dinâmica, e não um cabide de empregos.

  2. Aziz disse:

    Tinha mais e que baixar o imposto sobre os combustíveis, aliás está na hora de rever essa tabela de impostos sobre muitos produtos,

    1. Só com reforma tributária, congresso será envolvido

  3. Renato disse:

    O diesel não teve aumento e o pessoal achou errado ? Vivemos tempos surreais.

  4. Natan disse:

    Os antas queriam outra Greve pra jogar no colo do governo igual jogaram no colo do Temer que preferiu ouvir o mercado tratando dos pelegos de caminhões temos que ter cautela o prejuízo foi grande

    1. O Bolsofdp apoiou a greve de 2018 pra jogar no colo do Temer. O Antagonista era contra.

    1. O país já foi quebrado. Tem uma dívida de 4 trilhões para a gente pagar e 46 milhões de trabalhadores desempregados

  5. Eduardo disse:

    Aumento do Diesel causa aumento de tudo para o povo. Phoda-se a Petrobras e o mercado. Jair Bolsonaro é o cara certo na hora certa para salvar o país desses vampiros.

    1. Os Bolsominions, que comem mais capim do que petista, se esqueceram do que houve no governo da terrorista.

  6. eder disse:

    A Lei exige responsabilidade dos gestores públicos. Na greve dos caminhoneiros esse mercado ficou caladinho e empurrou pro governo a missão de se safar. Lembre-se existe pessoas não só cédulas.

  7. eder disse:

    O mercado quer socar no Rb do povo. E alferir lucros estratosféricos. Vide os cartéis Brasil a fora. A corrupção só existe por causa do Mercado no seu lado macabro.

  8. Renato disse:

    Bolsonaro ve o que o Tchuchuka talvez bilionário nunca veria. O desespero do povo. Urge investir recursos do BNDES(tchutchukas nem cita o S)...social não e com ele. Cadê uma medida econômica? Uma?

  9. Thiago disse:

    Essa nota tenta explicar que o preto é branco e o redondo é quadrado.

  10. Dênio disse:

    Privatiza e abre o mercado para empresas estrangeiras. O sub-solo é da União, não corremos risco estratégico nenhum

  11. Luiz disse:

    O brasileiro não aguenta mais agradar o mercado....ta todo mundo com a corda no pescoço! A quebradeira de pequenas empresas eu vejo que continua ,perto de minha loja é geral!

  12. Maurício disse:

    É triste ver como a imprensa trata a questão dos aumentos dos combustíveis, por decisão unilateral do ente monopolista, escondendo da população que os aumentos são realmente abusivos.

    1. Esse João é um vi@do infiltrado do sindicato dos caminhoneiros que hoje escraviza o presidente

  13. Júnior disse:

    Os Antas tão em defesa ferrenha dos interesses da IMPIRICUS . Calma , após concluir as negociações com o Setor de Transportes , tudo voltará ao normal .

  14. Ricardo disse:

    Segundo a globo, caminhoneiros, usuários de transporte coletivo, taxistas e proprietários de veículos a diesel e gasolina, estão desesperados com a queda do valor das ações da Petrobras. Dilma p

  15. Mais4anosPerdidos disse:

    Eles convencerão os fãs do Mito, com essa conversa esdrúxula. Não o mercado. O jogo está ficando perigosamente, EMOCIONANTE!!!

  16. Lewandonoroskówski disse:

    D e r r e t e e e e e n n n n d o o o o o o o .

  17. Rubens disse:

    Não dá pra deixar absolutamente na mão do “mercado” os preços que impactam sobre toda a população, especialmente combustíveis. Bolsonaro é sensível a esses impactos e tem que ser mesmo.

  18. interruptor disse:

    Aumento absurdo leva a pensar que foi dado para provocar uma reação. Uma coisa é certa, há um forte movimento com armadilhas para derrubar Jair, e como consequência, Moro.

  19. Márcia disse:

    O mercado tem que ser livre e competitivo. Se há ameça de greve dos caminhoneiros por exemplo o mercado que resolva. O governo não pode intrometer.

    1. Na greve dos caminhoneiros o mercado subiu no telhado e teve o governo se virar. O Sábio aprendeu com erros passados. Quanto a BR ela sempre se recupera.

    2. Concordo, mas no caso da Petrobrás, não há concorrentes, sendo assim, sem liberdade de escolha. A greve de caminhoneiros houve interversão do presidente, porque a Petrobrás é uma estatal.

    3. É mercado de uma empresa só que visa lucro máximo + milhões de cabides de empregos de malandros = Monopólio. Dois i m b e c i s falando em "mercado se resolver" e o consumidor que se phoda. VTN

    4. Marcia, como sempre, uma ilha entre os participantes deste espaço...somos minoria, nos resta manter a cabeça sobre a manada, para não seguir seu destino...

  20. Tania disse:

    Bandidos. Queriam provocar uma greve de camioneiros. Só não vê que não quer. Bolsonaro tem que demitir estes lesa pátrias infiltrados na Petrobras.

    1. O Bolsofdp provocou a greve em 2018. Você chamou ele de bandido? Não, porque tava com a boca cheia chup@ndo o p@u dele.

  21. CARMEN disse:

    Tem que privatizar. Ou... criar um fundo de compensação p/dias negros. Melhor privatizar. Abrir concorrência descartelizada. O pais agradece.

  22. Márcia disse:

    Não entendo de ações, mas o preço subindo só aumenta o valor das ações da Petrobrás.Não há interesse escuso para favorecer os caminhoneiros?.

  23. Júnior disse:

    Quando Bolsonaro adiou o pronunciamento dos 100 dias foi o mesmo Mimimi dos Antas , escindeu dos leitores que Bolsonaro preferiu comparecer no jantar com 42 Embaixadores ÁRABES .

  24. Reinaldo disse:

    Decisão infeliz como esta, é muito difícil de acreditar que o governo Bolsonaro possa tomar. Foi de uma insensibilidade absurda para como programa de governo vitorioso nas urnas.

  25. André disse:

    Desde 2002? E o governo da Dilma fez o quê mesmo?

  26. Annibal disse:

    " Petrobras?? Privatiza essa porccaria logo!" Paulo Francis, 1993.

    1. Annibal, você está absolutamente certo, precisamos livrar a empresa do julgo governamental.

  27. Gileno disse:

    Interessante que esse alinhamento de preço internacional Só serve para aumentar o povo nunca viu baixar de forma significativa tem que dividir essa empresa vender para vários empresários e ter con

  28. Marco disse:

    Quem disse que este Governo seria liberal ?

  29. antonio disse:

    Votei num socialista militar que quer o mesmo que a máfia pt. governo imenso e otário pagando imposto para isso. Contra reforma, anistia de R$17BI para ruralista, sacanear os árabes, china e outras

  30. J.E.Costa disse:

    O Bolsonaro fez exatamente o que a Dilma fez quando na crise teve que segurar na unha o preço dos combustíveis no Brasil e quase quebrando a Petrobrás. O liberal agora virou tchutchuca do mercado r

  31. Marcus disse:

    Quanta bobagem. Se os caminhoneiros parar eles nao abastecem nesse periodo 1dia 2 ou 7 sei lá. Por acaso dai tambem a petrobras nao perde ja que nao vendeeee. Entao parem com essa conversa fiadaa

  32. F disse:

    O aumento nas bombas seria de 25 centavos por litro. Teria a greve, a militância, as filas no postos, mais aumento abusivo de preços, etc. É, o Bolsonaro errou novamente.

  33. eder disse:

    Tem um mentiroso aí falando que o Brasil vai quebrar. Ora O PT e seu vice Temer já quebraram. Em 1998 com PSDB de FHC a conversa era a mesma. E o mercado de mãos dadas com TODOS! Quem se F. Povo.

  34. Lester disse:

    Todos os que acham que o mal do mundo é o comunismo e que o nazismo era de esquerda por que o governo interferia na economia agora aplaudem a interferência do comuna e nazi Bolsonada.

    1. Agora é tarde p/ chorar. Quem votou em Ciro e/ou Haddad, ainda não percebeu q ambos foram derrotados nas urnas. Inconformismo puro.

    2. Junior, o seu comentário foi o mais lúcido que li. A maioria é petista que não sabe pq o Lula está preso ou se faz de sonso. Uma greve agora é a última coisa que queremos.

    3. E quem disse que eu acredito em astrologia? Imbecil !

    4. O mobral, comuna e nazi, afinal são a mesma coisa segundo o astrologo e seus dementes.

    5. Mesmo PQ, Bolsonaro já provou q gosta de Judeus, enquanto comunistas são antissemitas. Então, ele seria apenas "comuna". O Nazi fica por conta dos esquerdistas q odeiam Israel.

    6. Uma greve dos Camioneiros iria interferir na Economia e não seria pontual nem previsível , suspender um aumento enquanto se conclui negociações é coerência .

    7. Uai, PQ nazi Bolsonada e não Comuni Bolsonada? Afinal, o comunismo matou bem mais do q o nazismo e interferia em tudo.

  35. Pedro disse:

    A Van do Bolsonaro é a diesel, sacaram?!

    1. Não! O que precisamos é que seja divulgado a lista de presença. Há Paraíso Fiscal e há Paraíso para Planejamento Fiscal...É o tal governo de coalizão!

  36. CLECIO disse:

    Hoje acabou o governo bolsonaro. R.i.p.

    1. Bolsobost@ é tchuchuca de caminhoneiro. Lembrem que o fdp apoiou a greve em 2018, porque queria se dar bem politicamente.

    2. Não acabou , a greve de maio deu um prejuízo de 129 bilhões , agora apenas 14 milhões por dia , até segunda-feira ninguém morre , as ações se recuperam assim que fechar o acordo com o Setor de

    3. Hoje começou.... põe a cambada de funcionário que roubam a petrobrás prá rua... fecha aquela pocilga de incompetência! E você pilantrinha da petros não perde por esperar!

  37. Obelix disse:

    É isso aí . Tu es o nosso rei.chega a vara Nessa joça. desce o porrete nesses vagabundos. Nessa naçao de corruptos. Tamo juntos . Mostra quem Manda Nessa joça. Tem o apoio do seu povo. Lenha

  38. Carlos disse:

    Aumento abusivo em péssimo momento! Não.

  39. Ronald disse:

    Somente Eremildo, o idiota, não percebeu que os comunas querem uma greve de caminhoneiro e estão com esse discurso. Petrobras tem viés de mercado, mas greve agora não. Depois privatiza...

  40. Roberto disse:

    Falou pouco, mas, falou besteira... não sabe nem o beaba e fica dando palpite, deprimente!!!

  41. Júnior disse:

    A Petrobrás lucrou 25.8 bilhões em 2018 , a greve deu prejuízo de 16 bilhões em impostos , fora para nos pobres mortais . O lucro não vemos só o prejuízo , enfiar a inflação do ano passado p

  42. Annibal disse:

    "O PT e a Petrobras ainda vão acabar com o Brasil" ass. Paulo Francis, janeiro de 1996.

  43. GCChaves disse:

    Isso Presidente. Que porra de aumento é o cacete. Tem q justificar o porque do aumento. MUITO BEM!!!

    1. É bom ressaltar que estamos às vésperas do feriadão da Semana Santa. Aumento do diesel +ameaça de greve dos caminhoneiros tem conotação política pra sacanear mais o presidente e seu governo.

    2. Vai fundir a cabeça do Bolsonaro e ele vai continuar não entendendo nada!!!

    3. Boa. Precisamos de mais gente com essa lucidez aqui.

  44. Jânia disse:

    Peculato mudou de nome... É o preço das hospedagens, almoços grátis e plateia de Zumbis em Harvard... ALGUÉM, EM SÃ CONSCIÊNCIA, achou que Jorge Lemann estava interessado em PALESTRA!

  45. rogmartim@gmail.com disse:

    Após 100 dias e ele não traçou uma estratégia com a Petrobras ao anunciar reajustes de combustíveis? Está viajando demais e se esquecendo das questões internas. Presidente, precisa ficar atento

  46. Paulista disse:

    Bola fora do Bolsonaro. Ele não tem que sequer ligar pro presidente da Petrobras pra falar de preço. Isso não tem nada a ver com ele, e sim com estratégia da companhia! Reajusta já!

    1. Abestado , semana q vem o acordo com o Setor de Transportes estará concluído , bolsa sobe , dolar cai .

    2. Com certeza não sabe quanto foi o prejuízo da paralisação maio/18

  47. Ricardo disse:

    Privatiza o refino e distribuição de combustíveis pra ver no que vai dar...