Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ministro admite impacto da alta dos combustíveis na retomada da economia

Bento Albuquerque, de Minas e Energia, tentou, no entanto, minimizar a situação, dizendo que os reajustes não são uma particularidade do Brasil
Ministro admite impacto da alta dos combustíveis na retomada da economia
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Mais cedo, durante audiência em comissão do Senado, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque (foto), admitiu que a alta dos preços dos combustíveis vai, claro, impactar a retomada da economia.

“Isso vai impactar a atividade econômica do país. E isso não é desejável. Temos que dar uma resposta, encontrar saídas.”

Ele acrescentou que os reajustes recentes se devem principalmente ao aumento do preço do barril do petróleo, que, alertou o ministro, deve continuar subindo.

“A alta do petróleo foi de 60% só em 2021. Com a chegada do inverno no hemisfério norte, deve subir um pouco mais.”

Albuquerque tentou minimizar o cenário local, dizendo que os preços mais altos de combustíveis e também de energia elétrica não são uma exclusividade do Brasil.

“O preço subiu no mundo todo. O que temos que fazer é estabelecer nossas politicas públicas para que o consumidor brasileiro tenha o preço mais justo possível, para minimizar os impactos socioeconômicos na nossa sociedade.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....