ACESSE

Moeda comum entre Brasil e Argentina pode ser oportuna, diz economista

Telegram

Em entrevista a Duda Teixeira, da Crusoé, o economista argentino Roberto Luis Troster disse que a ideia de uma moeda comum a Brasil e Argentina, aventada por Jair Bolsonaro, “facilitaria muito o comércio” entre os dois países.

Seria preciso, porém, sincronizar as políticas econômicas, nos moldes do que a Europa fez com o euro.

Leia a reportagem:

Moeda comum pode ser oportuna, diz economista

O BRASIL PRECISA DE TRÉGUA. Entenda por quê. Leia aqui

Comentários

  • Bira -

    A moeda do Brasil e Argentina deveria ser o tomate que está mais valorizado que o dólar.

  • Renato -

    O que poderia ser feito agora? pra mim, quebra das barreiras. Brasil teria problemas com o trigo, a boa carne argentina, mas venderia mais automóveis. Pode ser bom zerar tarifas. Por enquanto.

  • Renato -

    Agora, não se pode comparar um GRUPO DE ESTUDO entre Brasil e Argentina com Bolívia e mesmo Venezuela falida. A Argentina ainda tem esperanças.

Ler 59 comentários