Morre Fernão Bracher, ex-presidente do BC

O ex-presidente do Banco Central Fernão Bracher morreu hoje no hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Segundo nota do Itaú Unibanco, a morte foi causada por complicações associadas a uma queda com trauma cranioencefálico.

Bracher é pai do atual presidente do Itaú Unibanco, Candido. Chefiou o BC entre 1985 e 1987 e, depois, fundou o banco BBA Creditanstalt, que em 2003 se fundiria com o Itaú.

Existem “forças subterrâneas” dentro do Congresso que impedem que projetos importantes vão a voto. Acompanhe aqui!

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler comentários
  1. Chris disse:

    Uma excelente pessoa. Banqueiro tb é gente. Riqueza não é crime, muitas são feita por competência e trabalho. Ricos trabalham muito.

  2. Nova disse:

    Então enriqueceu na politica e abriu um banco protegido pelo cartel?

    1. Fernão Bracher fez carreira no BANCO DA BAHIA; veio para a Diretoria do BRADESCO; foi Presidente do Banco Central e depois fundou com outros amigos o BBA. Portanto banqueiro de tradição. O resto é

    2. Igual oficial fracassado do exército, que passou 30 anos encostado na câmara...

  3. Max disse:

    Serviu a múmia SARNENTO. A estas horas, provavelmente deva estar sentado ao lado do Capeta. Pobre Capeta.