Não há alternativa a Temer

Os “donos do dinheiro”, segundo Vinicius Torres Freire, da Folha de S. Paulo, não veem alternativa a Michel Temer.

“Interessados na sobrevida de Michel Temer e de seu programa econômico parecem resignados quanto às durezas do caminho até 2018, mas crentes no sucesso relativo do governo (…).

Haverá conflitos na Praça dos Três Poderes, prisões e denúncias que transformarão líderes políticos em zumbis, mas há crença em uma fuga para a frente inevitável: não há alternativa (…).

O presidente não pode renunciar ao único apoio social forte que tem, empresários e outros donos do dinheiro. Essa comunhão reformista improvisada não vê alternativa a não ser apoiar e cobrar Temer nessa janela de oportunidade que iria até o final de 2017 (…).

Aos trancos e barrancos, a comunhão pró-Temer acha que chega até 2018. ‘Não há alternativa’. Dizem”.

O Antagonista só é dono de seu nariz, mas concorda com os donos do dinheiro.

Faça o primeiro comentário