Não há vagas (2): o único setor que escapou

Dos oito setores acompanhados pelo Caged, apenas o comércio terminou outubro com mais gente contratada do que demitida, com saldo líquido de quase 13 mil vagas. Na área de varejo, os destaques foram:

– hipermercados e supermercados: 6.955 postos

– roupas e acessórios: 2.472 postos

– varejo (não especificado): 1.504 postos

– calçados: 1.501 postos

– produtos farmacêuticos: 1.297 postos