Nem um pio

A partir de agora, a diretoria do Banco Central respeitará um período de silêncio antes e depois das reuniões do Copom.

Pela nova regra, os membros do Copom deverão “evitar ao máximo” se manifestar sobre os juros, no intervalo que se estende de uma semana antes da decisão até o dia em que a ata é divulgada.

O BC argumenta que a medida contribuirá para melhorar sua comunicação com a sociedade.

Faça o primeiro comentário