"Ninguém vai comprar briga com um presidente com 40% de popularidade"

“Ninguém vai comprar briga com um presidente com 40% de popularidade”
Foto: Reprodução/redes sociais

O mercado continua a apoiar Jair Bolsonaro.

O diretor de um grande banco brasileiro disse para o Estadão:

“Ninguém, em sã consciência, vai comprar uma briga com um presidente com 40% de popularidade”.

O capitalismo brasileiro sempre foi pródigo em exemplos de coragem.

O diretor do banco deve ter dito a mesma coisa em 2014, no momento em que Dilma Rousseff quebrava o país.

Leia mais: Bolsonaristas x Bolsonaro
Mais lidas
  1. Huck 2026?

  2. Urgente: MP aponta desvio de vacinas em Manaus e pede prisão do prefeito; desembargador declina

  3. Bolsonaro: leite condensado é para 'enfiar no rabo' da imprensa

  4. Neymar pai no 'churrasco de leite condensado'

  5. Pandemia 'pode ter sido fabricada', diz Bolsonaro

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 95 comentários
TOPO