Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

No escurinho do Palácio

Jair Bolsonaro, que bateu no peito para acabar com o horário de verão, agora estuda ressuscitá-lo. Empresários pedem a volta do sistema, extinto em 2019
No escurinho do Palácio
Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Jair Bolsonaro, que bateu no peito para acabar com o horário de verão, agora estuda ressuscitá-lo. O Ministério de Minas e Energias pediu ao ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) um novo estudo para avaliar os impactos no consumo de energia.

No início do mês, empresários dos setores de turismo, alimentação e varejo enviaram ofício ao governo pedindo a volta do horário de verão, extinto em 2019.

O ministro Bento Albuquerque afirmou dias atrás que a situação piora a cada mês e não há perspectiva de melhora. Ele se mantém cético sobre os benefícios da medida.

“A contribuição do horário de verão é limitada, tendo em vista que, nos últimos anos, houve mudanças no hábito de consumo de energia da população, deslocando o maior consumo diário de energia para o período diurno.”

 

Mais notícias
TOPO