Nordeste reage

A Folha noticia que governadores do Nordeste se rebelaram contra o pacote de medidas de austeridade que o Ministério da Fazenda apresentou na semana passada como contrapartida para que os Estados fiquem com R$ 5 bilhões referentes à parcela de multas pagas no programa de repatriação de recursos mantidos no exterior.

Paulo Câmara, governador de Pernambuco, virou porta-voz do grupo:

“A gente tinha feito a reunião para acertar compromissos gerais com o ajuste fiscal, apoio às reformas como a da Previdência e, na hora da coletiva, Meirelles veio com um detalhamento de questões que nunca vão ser unificadas entre os 27 Estados. É impossível.”

Faça o primeiro comentário