Novaes deve cortar benefícios criados pelo PT no Banco do Brasil

Rubem Novaes, que assumirá o Banco do Brasil, tem recebido sugestões para cortar diversos privilégios criados pelo PT no banco.

Um deles é o famoso Programa de Alternativas para Executivos em Transição (PAET), que garante bônus de ‘saideira’ para quem ocupou cargo no banco por dois anos.

O valor desse benefício é de R$ 2 milhões, em média.

Cientes do risco de perderem a boquinha, dez executivos se anteciparam e pediram entrada no PAET na semana passada.

 

Uma apuração minuciosa feita em Brasília revela as principais decisões de Paulo Guedes, o posto Ipiranga do futuro presidente, e sua equipe. Leia AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Queria ver eles concorrerem na iniciativa privada com a China ganharem $ 36.000 por mes justamnete de um setor rentista como diz Paulo Guedes. A promoçao do filho do Mourao e imoral.

Ler mais 62 comentários
  1. Queria ver eles concorrerem na iniciativa privada com a China ganharem $ 36.000 por mes justamnete de um setor rentista como diz Paulo Guedes. A promoçao do filho do Mourao e imoral.

  2. Por isso tinha tanto funcionário contra a candidatura do BOLSONARO. Preferiam um presidiário e um poste na presidência para tudo continuar como está. Isso é a nobreza do funcionalismo. Pobre Bra

  3. Agora imaginem os “benefícios” criados pelo PT na Petrobras. Ou será que alguém já viu alguma “nota de repúdio” de funcionários daquela empresa criticando a corrupção que corria solta?

  4. É por essas roubalheiras travestidas de benefícios que o Brasil esta quebrado, MALDITOS políticos e funcionários públicos que se aproveitam para enriquecer às custa do dinheiro público.

    1. PY, num português bem chulo. P@au no C@u desses executivos e no seu também.26 milhões de brasileiros perderam o emprego e a dignidade e enfrentam a miséria moral e material.ENTENDEU IMBECIL!

    2. O sujeito que só cursou o nível médio e só tem experiência de sindicalista vai ter enormes dificuldades de arrumar emprego como executivo de banco privado depois que sair do BB.

  5. E não é só. Há que se revisar o numero de vice-presidentes, diretores, gerentes executivos etc. O BB tem estrutura de típica de uma repartição pública, com departamentos inchados etc

  6. Sem comentários… Ou não, como diz o petista baiano. A Nomenklatura estava matando o Banco do Brasil também pela multiplicação absurda de diretorias e gerências executivas. Limpeza já em janei

  7. O q nos revolta, é exatamente esse tipo de facilidades p/roubar dinheiro do contribuinte, criado no desgoverno do pt, são tantas as facilidades em todas as áreas q nos enoja, e qto somos impotentes

    1. Vai ver a Caixa que o BB passa a ser limpinho. Acesso de profissionais externos às diretorias e gerências executivas já dava um up na cultura empresarial do banco. E redução de comissionados já.

  8. Isso é uma aberração, partido sem vergonha demais, gente podre, tinha que pegar o nome de cada executivo desse e marcar como FICHA SUJA, partido asqueroso tinha que ser extinto, são vermes.

    1. Será? Enquanto uma minoria de petistas se esbaldou, e muitos trouxas puxaram o saco, há bons servidores públicos ainda ativos que aguentaram 15 anos pra agora ajudar o novo governo.