O calote da Odebrecht

Os credores internacionais da Odebrecht, diz a Folha de S. Paulo, “temem um calote bilionário de uma subsidiária do grupo”.

Em dezembro, prossegue o jornal, “a empresa já não cumpriu o prazo para substituir um contrato rescindido pela Petrobras, gerando dúvidas sobre sua capacidade de honrar empréstimos que, juntos, somam cerca de US$ 5 bilhões”.