O caso curioso da revista Exame

A editora Abril, que publica a revista Exame, está em recuperação judicial e não recolhe o FGTS dos seus funcionários.

É curioso que mantenha uma revista dedicada a economia e negócios.

Aliás, alguém precisa avisar o diretor da revista que o especulador preso em Nova York foi sócio da Link Investimentos, então dos Mendonça de Barros.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 30 comentários
  1. A Abril foi reprovada no EXAME. Essa revista, embora tivesse muita aceitação no meio empresarial, sempre foi “pé frio” na escolha da “personalidade do ano”. Todos quebravam em seguida.

  2. Senhores, senhores, por favor… quando vocês finalmente vão admitir que NÃO EXISTE MAIS IMPRENSA NO BRASIL? A mídia tradicional funciona como agência de publicidade de grupos de interesse políticos.