O confisco de 50 bilhões de reais

Se ontem Joaquim Levy anunciou um pacote de aumento de impostos de R$ 20 bilhões, hoje o governo foi ainda mais longe e anunciou um pacote de R$ 30 bilhões, divididos entre o aumento da conta de luz – R$ 23 bilhões – e o veto à correção da tabela do Imposto de Renda – R$ 7 bilhões. São R$ 50 bilhões confiscados pelo governo numa tacada só, na desesperada tentativa de remendar o rombo nas contas públicas causado durante o primeiro mandato de Dilma Rousseff, a ex-guerrilheira de esquerda.

Os jornais dão as notícias aos pedaços: a CIDE, o IOF, a energia elétrica, o Imposto de Renda. Mas o que importa é a soma, e a soma é essa: R$ 50 bilhões. Pagos por você.


O confisco de 50 bilhões de reais