ACESSE

O congelamento dos salários do setor público

Telegram

José Márcio Camargo, coordenador da campanha de Henrique Meirelles, é um dos melhores economistas do Brasil.

Em vez de ludibriar o eleitorado com propostas fantasiosas, ele defendeu o congelamento dos salários dos funcionários públicos por um prazo de quatro anos.

Leia um trecho de sua entrevista para o Estadão:

“Temer não conseguiu aprovar o adiamento do reajuste salarial dos funcionários públicos no Congresso. Minha avaliação é que os funcionários públicos têm uma média muito acima da média dos trabalhadores. Todos os trabalhadores sofrem muito com a crise. Os funcionários públicos têm de dar um pouco desta cota. Temos de fazer um congelamento (dos salários), por quatro anos, eu diria. Não há uma decisão ainda na chapa, mas esta é minha avaliação.”

Comentários

  • Goreba -

    Um recado ao funcionalismo: Melhor perder os anéis do que perder os dedos. O único que se deu bem "oferecendo", digo, cortando o dedo, foi o presidiário da PF de Curitiba.

  • roberto -

    Congelamento é uma simplista maneira de ver o problema. Pouco eficaz com os inúteis e injusto com os que produzem. O certo é a redução drástica de certas áreas, como a da "Justiça" trabalhi

  • damastor -

    congelar a roubalheira por 4 anos nem pensar né?

Ler 60 comentários