O consenso é para baixo

Enquanto o tempo passa, o tempo voa, os economistas cortam a projeção para a economia brasileira. O ritmo é tão acelerado que a cada dois meses o consenso das opiniões cai em um ponto percentual. Para se ter uma ideia, no início de agosto a expectativa era de 0%. Agora, esse número já está em -3,4%. Para Juan Carlos Rodado, diretor de pesquisa da América Latina do banco Natixis, é só uma questão de semanas para que o mercado se ajuste à sua estimativa de -4,7%, a mais pessimista.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200