O custo da covardia

O custo da covardia

Paulo Guedes resolveu fritar seu principal assessor, Waldery Rodrigues, para poder continuar no cargo.

A falta de coragem do ministro da Economia vai acabar se refletindo nas contas públicas.

Leia mais: Exclusivo: a casa secreta de Brasília onde ministro conspira contra ministro
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 46 comentários
TOPO