O enigma de Manguinhos (2)

O Antagonista teve acesso a fotos que mostram a deterioração das instalações da Refinaria de Manguinhos e põem em dúvida a afirmação da empresa de que está em pleno funcionamento.

Veja alguns exemplos comentados por especialistas:

Tanques de armazenamento (abaixo): enferrujados e abandonados.

Caminhões-tanque (abaixo): estão sucateados.

Em resposta a O Antagonista, a refinaria enviou a seguinte nota:

“A Refinaria de Manguinhos tem ampliado sua produção e capacidade de estocagem por meio de investimento em manutenção. Os cuidados com a planta e a tancagem são constantes. Não há, portanto, deterioração. Manguinhos é a única refinaria privada do país e oferece produtos de qualidade a preços competitivos. Isso incomoda a concorrência, que se reúne no sindicato das grandes distribuidoras do mercado, o Sindicom, com o objetivo de combinar preços e eliminar os demais rivais do mercado por meio de acusações inverídicas. Desta forma, as associadas ao Sindicom podem continuar a prática de cartel sem serem incomodadas, cobrando preços abusivos nas bombas e com o consumidor, é claro, sempre pagando a conta no final.”

200