O falcão austero da autopropaganda

“A ambição eleitoral de Michel Temer diminui a probabilidade de sucesso do seu governo”, disse Vinicius Torres Freire.

Os presidenciáveis do PSDB podem pensar, segundo o colunista da Folha de S.Paulo:

“Por que se desgastar agora com a restrição dos gastos da União e dos Estados, com o endurecimento das regras de aposentadoria ou com uma alta de impostos para entregar o bônus futuro a Temer?”.

Mas Michel Temer não é único membro do governo de olho em 2018. Henrique Meirelles, infelizmente, também age como candidato:

“Veem-se várias concessões na agenda fiscal do governo à predação corporativista. Henrique Meirelles, outro que parece encantado por fantasias eleitorais, não se comporta na Fazenda como o falcão austero da autopropaganda”.