Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"O ministro João Roma vai estender o auxílio emergencial", diz Guedes

Ministro da Economia admitiu pela primeira vez que o governo Bolsonaro pagará uma nova rodada do benefício. Número de parcelas e valores não estão definidos
“O ministro João Roma vai estender o auxílio emergencial”, diz Guedes
Foto: Washington Costa - ASCOM/ME

Paulo Guedes afirmou há pouco, em evento no Palácio do Planalto, que o governo estenderá o pagamento do auxílio emergencial. É a primeira vez que o ministro da Economia admite publicamente que o benefício será renovado.

“O ministro Tarcísio vai vender mais 22 aeroportos. O ministro Rogério Marinho vai concluir as obras. O ministro João Roma vai estender o auxílio emergencial. Nós somos um time remando pelo Brasil”, disse.

A última parcela do benefício será paga em outubro. O plano original do governo era iniciar o pagamento do Auxílio Brasil, programa que sucederá o Bolsa Família, a partir de novembro, com valor médio de R$ 300. Entretanto, o governo ainda não sabe como bancará o programa em 2022.

O auxílio emergencial pago atualmente tem três parcelas e os valores do benefício variam de R$ 150, R$ 250 e R$ 375. O governo ainda não definiu quanto pagará aos beneficiários e por quanto tempo.

Após a publicação desta nota, o Ministério da Economia divulgou uma nota para corrigir Paulo Guedes. Leia aqui.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO