O PT é pior ainda até quando é péssimo

Rolf Kuntz, um dos melhores jornalistas de economia do Brasil, deu um diagnóstico claro da nossa situação.

De acordo com ele, a redução do valor das exportações não se deve apenas à queda dos preços das commodities. Deve-se a algo ainda mais preocupante: a falta de competitividade dos manufaturados brasileiros, causada pela “tributação irracional, a baixa qualidade da mão de obra, a burocracia excessiva, a inseguraça jurídica e o acesso limitado a mercados externos e às cadeias internacionais de valor”.

E mais:

“Não se produz de um dia para outro um desastre como o brasileiro: uma combinação especial de contas públicas estropiadas, economia retraída, inflação muito alta e ajuste externo conseguido só à custa da redução da corrente de comércio. No país, até a recessão é desarranjada e de qualidade inferior.”

O PT é pior ainda até quando é péssimo.

200