O resumo do pessimismo

O presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção, resumiu ao Estadão por que a entidade reduziu sua projeção do aumento de venda de carros em 2017 de 5% para 2,3%:

“A questão política voltou a piorar. Além disso, não houve melhora do emprego e não estamos vendo uma retomada do emprego em 2017, e os bancos continuam com muito rigor na aprovação de crédito.”

A “questão política” é a mais preocupante.