O Rio é mal acostumado

Raul Velloso, especialista em contas públicas, tentou achar uma explicação para a falência do Rio de Janeiro:

“O Rio padece dos vícios de ter sido capital do país, onde, até hoje, permanecem os feudos e os orçamentos anuais crescentes, que não pagam nem mesmo os gastos com seus inativos. Além disso o estado é muito dependente da indústria de petróleo e gás, que, nos últimos anos, enquanto durou a bonança, sustentou a expansão dos gastos”, registra O Globo.