O rombo em 2016 será ainda maior

O déficit do ano que vem deve ficar entre 80 bilhões de reais e 90 bilhões de reais.

O cálculo foi feito pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf.

Diz a coluna Radar, da Veja:

“Há cerca de quatro meses, Skaf já dizia que o déficit fiscal iria fechar este ano na casa de 50 bilhões de reais”.