O tempo verbal é outro

Leandro Secunho, um dos coordenadores do Tesouro, acredita que a reforma da Previdência impulsionará o investimento no Tesouro Direto.

“Entendo sim que, com a reforma, haja aumento da busca por previdência complementar, seja no Tesouro Direto ou em outras modalidades”, afirmou a jornalistas.

Como é improvável que Temer aprove alguma reforma da Previdência, é melhor mudar o tempo verbal: “haveria aumento da busca” soa mais adequado.

Faça o primeiro comentário