O último suspiro da reforma da previdência

João Doria prometeu a Jair Bolsonaro fazer um esforço concentrado na próxima semana para obter apoio dos governadores na aprovação da reforma da previdência ainda neste ano.

Como mostramos ontem, Eunício Oliveira e Rodrigo Maia não querem votar o texto. Na reunião de hoje com Michel Temer, Jair Bolsonaro e Paulo Guedes vão reforçar o pedido.

Tem que ser muito otimista.

A grande imprensa está, é claro, atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Sergio Moro... LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Giusti disse:

    Com esse Congresso d larápios da nação o custo x benefício não compensa. Deixe p a próxima composição.

Ler comentários
  1. Cino disse:

    A questão é só uma, o Bolsonaro NÃO quer ficar colado com a impopularidade da reforma previdencia, o resto é apenas tric e tric.

  2. Cino disse:

    A população foi enganada, mesmo depois de 2 anos em campanha, o super ministro do Mito, NÃO tem projeto para o "cancer" das contas públicas, que é a reforma da previdencia..

    1. O problema não é o "superministro", o problema é que o projeto não passa no plenário, simples assim!

  3. Rumanettto disse:

    Eh só oferecer alguma vantagem para a máfia maçonica que tudo vai andar. Tipo aumentar remuneração dos 80%de maçons do judiciário. Quando vamos nos livrar deste câncer maligno maçonaria no

  4. Marcos disse:

    É o governo Temer que esta tentando aprovar, virou o ano zera tudo...acredito que Temer poder abrir a caneta para os deputados comprando com verbas os reeleitos, não seria oMITO, pq vai ter fatura

  5. tarcisio disse:

    Concomitantemente à reforma da Previdência deveria ser efetuada a cobrança com urgência e rigor da inadimplência que é da ordem de 500 bilhões. Quem deve: JBS, Itaú, BB. Cef. etc

  6. Luiz disse:

    Primeiro ele irá consultar os asseclas do Temer, parte dos quais já foram importados para o seu governo!

  7. Eduardo disse:

    O Bolsonarista "esquece" que apregoou por anos "Os últimos suspiros da Lava jato" e asneiras semelhantes para enganar incautos e açular histéricos - e, portanto, não deveria repetir tais coisa

    1. Fala, lacaio do zoófilo corrupto e ladrão. Teu patrão tá preso, vadio.