Os motivos do Copom (2)

O segundo motivo é incerto. Segundo o Copom, por ora, “os efeitos do fim do interregno benigno têm sido limitados.”

Em português: a alta de juros nos EUA não está demolindo a economia brasileira.