Os planos de Lula e Meirelles

Dilma Rousseff “só vai aceitar Henrique Meirelles no lugar de Joaquim Levy quando a situação econômica piorar ainda mais, com nova perda de grau de investimento, dólar em alta e quebra de empresas no país”.

A previsão foi feita à Folha de S. Paulo pelo pessoal de Lula.

Enquanto isso, o Valor resolveu fazer propaganda do futuro Ministro da Fazenda:

“Henrique Meirelles é craque em questões bancárias. Um exemplar gestor de pessoas. Despertou admiração em fóruns internacionais por saber adaptar distorções brasileiras à crise internacional, caso dos compulsórios bancários, que serviram como amortecedores únicos para os efeitos inesperados de tão arrasador acontecimento”.

O jornal aproveitou para dizer também que ele quer carta branca na economia:

“Meirelles teria mão de ferro na Fazenda se assumisse o seu comando em janeiro próximo”.

Uma das primeiras iniciativas de Henrique Meirelles, de acordo com os lulistas, seria enfraquecer o Banco Central, tirando-lhe o status de ministério.

Porque além de derrubar Joaquim Levy, Lula quer derrubar também Alexandre Tombini e reduzir os juros na marra.

Faça o primeiro comentário